4 Impostos obrigatórios aos motoristas e proprietários de veículos

Ser proprietário de um veículo não é somente adquirir o mesmo em uma concessionária. Além da própria manutenção do carro e combustível, existem algumas taxas anuais que precisam ser pagas. Se abordado por uma blitz nas ruas, você deverá estar com estes documentos em dia. Descubra a seguir 4 impostos obrigatórios para quem possui e dirige algum veículo:

IPVA

O IPVA, ou ainda, o Imposto sobre o Propriedade de Veículos Automotores, é um dos impostos mais conhecidos e você provavelmente já ouviu falar dele. O valor do IPVA pode variar entre 1% e 6% sobre o valor do seu veículo. Para descobrir o valor exato que você deverá pagar, você precisará saber o modelo preciso do seu automóvel e o ano de fabricação.

O valor arrecadado com este imposto é dividido meio a meio entre o município em que o carro foi emplacado e o estado. Pagar esta tarifa é simples, basta ir até sua agência bancária, lotérica ou até mesmo através do serviço de banco online. O atraso desse pagamento irá gerar uma multa.

CRLV

O CRLV, ou licenciamento, também é um valor anual que permite que seu veículo circule de maneira legal. Sua cobrança é feita em prol da fiscalização da conformidade do veículo de acordo com as diretrizes ambientais e seguridade do país.

Você poderá pagar este imposto em qualquer agência bancária ou lotérica. Lembre-se: o licenciamento é um documento obrigatório e a ausência desse pagamento poderá gerar irregularidades e multas, então fique atento ao seu licenciamento mg 2019.

DPVAT

Sendo um seguro prescrito, o DPVAT (Danos Pessoais causados por veículos Automotores de vias terrestres) é utilizado para indenizar pessoas envolvidas em algum tipo de acidente. Pelo menos metade desse valor vai para administração e indenização nesses casos, e a outra parte é destinada à saúde e manutenção da policia nacional do trânsito.

O não pagamento desse imposto impedirá o licenciamento do seu veículo, ou seja, você não estará circulando nas regularidades prescritas e estará sujeito à multas. A quitação do valor também pode ser feita em qualquer agência bancária.

Multas pendentes e vistorias

Valores pendentes devido à irregularidades no trânsito não são pagamentos prévios, mas se não forem quitados poderão impedir o licenciamento do seu automóvel, logo, você estará circulando em situação irregular. Em alguns casos, as multas podem ser parceladas, então, evite a inconstância com o DETRAN.

Outro fator importante na hora de dirigir e em relação à documentação, é a inspeção do veículo. Certifique-se de que tudo está regular: manutenção em dia, uso normal de combustível, situação do motor e rodas, faróis e tudo que for necessário para seu veículo se locomover de forma segura.

Fique sempre atento para as datas em que os pagamentos desses impostos devem ser feitos, pois em todas as situações haverá um prazo limite. Não permita que seu veículo fique fora dos regulamentos nacionais. O licenciamento do seu transporte depende de você!

 

super-feirao-passagens-gol